Gempac lança campanha nesta sexta, dia 13

Não deixe a luz da esquina se apagar’: slogan da campanha Amigos do Gempac busca apoio para continuar na luta pelo empoderamento das mulheres prostitutas do Estado.

Assim como outras organizações sociais, o Grupo de Mulheres Prostitutas do Pará (Gempac) passa por dificuldades financeiras para manter as portas abertas e permanecer na luta pelos direitos das profissionais do sexo. Por conta disso, a diretoria do Grupo criou a campanha colaborativa Amigos do Gempac, que visa organizar uma rede de colaboradores para auxiliar financeiramente suas ações.

A campanha será lançada nesta sexta-feira, 13 de novembro, a partir das 17h, na sede do Grupo no bairro da Campina, em Belém. A iniciativa consiste em sensibilizar as pessoas que admiram e apoiam o trabalho desenvolvido pela entidade a doarem a pequena quantia de R$ 20 por mês, durante um ano, para ajudar no pagamento das despesas administrativas do Grupo – água, luz e IPTU. Esse valor também será utilizado na compra de materiais de escritório e limpeza. As doações podem ser feitas por débito em conta ou por carnê de pagamento do 1º ao 5º dia útil de cada mês.

No lançamento, além de conhecer melhor a campanha, as pessoas poderão participar de gincanas pra lá de animadas com as putas do Gempac. Leila Barreto, secretária administrativa do Grupo, aponta que a ajuda de colaboradores será fundamental para não deixar que um trabalho de 25 anos pare por falta de recursos financeiros. “Assim como em outras ONGs, precisamos nos prender a papéis burocráticos que nos afastam da nossa meta real, que é a atuação política. Tendo essa sustentabilidade financeira garantida, pretendemos não só continuar nossa luta em prol das prostitutas, como também resgatar o bairro da Campina como um centro cultural”, explicou.

Histórico – O Gempac é uma organização civil sem fins lucrativos, de âmbito estadual, com representação a nível regional e nacional. Fundado em 1º de maio de 1990, o grupo é membro e fundador da Rede Brasileira de Prostitutas (RBP) e membro brasileiro da Global Network of Sex Work Projects (NSWP). Atualmente, o Gempac coordena e unifica a luta das trabalhadoras sexuais na defesa de seus direitos e emancipação política, social, econômica e cultural no Estado do Pará. O objetivo fundamental do grupo é fomentar a auto-organização das prostitutas para que elas possam superar preconceitos e tabus e tenham acesso ao pleno exercício da cidadania. Para isso, o Gempac desenvolve ações e projetos em três eixos básicos: organização e saúde preventiva, combate à exploração infanto-juvenil e geração de renda.

FORMAS DE COLABORAÇÃO

Débito em conta
Caixa Econômica – 104 / Agência 0022 / Operação 013 / Conta Corrente 41.542-3
Favorecida: Amélia Coelho Garcia – Secretária Financeira do Gempac

Carnê
Pagamento na sede do Gempac, do 1º ao 5º dia útil do mês.

Gempac

Travessa Padre Prudêncio, 462, esquina com General Gurjão – Campina – 66019-080.
Email:
gempac@yahoo.com.br
Assessoria de imprensa: George Miranda – (91) 9-8025-4063 / 9-8859-0726.

Texto e arte: Assessoria de Comunicação/Gempac

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s