Carta aberta sobre a situação do Gempac.

Prezados(as)

O que estamos vivendo hoje era uma tragédia anunciada. Estamos a mais de um ano pedindo socorro de maneira resistente e criativa, acreditando sempre. Lutamos muito e todos os dias! Muitas vezes motivadas por uma valente senhora de 70 anos, nunca deixamos de acreditar em dias melhores e mais justos!

O desabamento abriu uma luz sobre esta triste realidade, não apenas nossa,mais do movimento social brasileiro, de sucateamento, de institucionalização forçada e sem sustentabilidade. Uma estrutura física para realizar o muito que fazemos não se sustenta com ideais e sonhos. Se estamos vivas hoje foi porque voltamos às esquinas e na hora do desabamento estávamos na esquina do GEMPAC fazendo um oficina com as colegas sobre este mesmos sonhos e ideais.

Vamos começar de novo, parte de nossa história registrada está nos escombros e nossa sede está interditada pelo Corpo de Bombeiros. Já organizamos um escritório na garagem de um amigo na Campina (Luiz Eduardo Burlamaqui) e conseguimos salvar documentos mais recentes que estão na AEBA (Associação dos Empregados do Banco da Amazônia. Manteremos nossas atividades agora em uma luta maior.

Contamos com ajuda e rede de articulação de todos(as) !

De que forma?

Que essa situação não caia no descaso como tantas tragédias que tem ocorrido em nosso País.

Precisamos que os órgãos responsáveis emitam em caráter de urgência os laudos sobre a real situação de nosso prédio (Defesa Civil e Corpo de Bombeiros), para que possamos retirar todo o acervo bibliográfico/registro fotográfico e arquivos mais antigos e possamos, em CAMPANHA, reformar o prédio com dignidade e segurança.
Não foi permitido que fosse iniciado o escoramento de suas vigas principais e a cada chuva é eminente o desabamento de sua estrutura mais pesada, o telhado, sustentado em apenas uma viga central, levando ao desabamento do andar superior totalmente. Se não corrermos com os laudos podemos ter danos maiores e sem volta. Mais uma memória se apaga. Além e principalmente não queremos nenhuma perda humana.

Nos ajudem!

Nossa CAMPANHA NÃO DEIXE A LUZ DA ESQUINA SE ACABAR
Qualquer quantia ou apoio

BANPARÁ
AGÊNCIA 011 BELÉM CENTRO
CONTA CORRENTE 0000320757
em favor GRUPO DE MULHERES PROSTITUTAS DO ESTADO DO PARÁ
CNPJ 83.350.546/0001-08

Na segunda, dia 4 de março de 2013, reuniremos às 19h no Escritório Provisório do GEMPAC – Travessa Campos Sales, No. 745, esquina com Carlos Gomes para pensarmos ações e medidas efetivas para mudar este quadro. Traga sua ideia , sua solidariedade e principalmente ação! PUBLICAREMOS AS DECISÕES, PROPOSTAS E ENCAMINAHMENTOS DESTA REUNIÃO ASSIM COMO AS METAS DA CAMPANHA E A FORMA QUE PRESTAREMOS CONTAS A SOCIEDADE DO APOIO RECEBIDO.

Para saber o que estamos fazendo e mais sobre o que ocorreu!

Acessa esse endereço, é o do flickr:
http://www.flickr.com/photos/gempac/

https://blogdasesquinas.wordpress.com

Eternamente grata,

Lourdes Barreto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s